Mulheres que ganharam o Prêmio Nobel em Ciências — Veredito

Imagem de capa com o livro "Mulheres que ganharam o Prêmio Nobel em Ciências", de Sharon Bertsch McGrayne à esquerda seguido do título e do autor à direita.

Marie Skłodowska Curie, Lise Meitner, Emmy Noether, Gerty Radnitz Cori, Irène Joliot-Curie, Barbara McClintock, Maria Goeppert Mayer, Rita Levi-Montalcini, Dorothy Crowfoot Hodgkin, Chien-Shiung Wu, Gertrude B. Elion, Rosalind Franklin, Rosalyn Sussman Yalow, Jocelyn Bell Burnell.

Estes são os nomes de 14 mulheres que ganharam ou que tiveram um papel essencial em pesquisas inovadoras laureadas com o Prêmio Nobel. Todas têm as histórias de “suas vidas, lutas e notáveis descobertas” contadas no livro de Sharon Bertsch McGrayne.

Na obra, somos levados às realidades do século XX, às guerras mundiais, leis antissemitas da Europa e Estados Unidos, discriminação com mulheres, ascensão e queda de déspotas, luta e injustiças científicas e sociais. Entendemos um pouco mais dos obstáculos que as cientistas enfrentaram e dos esforços hercúleos que elas apresentaram devido à paixão pela ciência.

Alguns exemplos da incrível amplitude das ações narradas página a página são:

  • a descoberta dos pulsares na astronomia;
  • a investigação sobre a estrutura do DNA;
  • criação de campos de conhecimento como a radioatividade na bioquímica;
  • desenvolvimento da neuroendocrinologia na medicina;
  • elaboração e revisão de equações matemáticas e físicas.

Durante meu ensino fundamental e médio, eu aprendi vagamente apenas sobre Marie Curie, Barbara McClintock e Rosalind Franklin. Por que tão poucas? Enquanto os nomes de homens cientistas, que, não necessariamente ganhadores de Prêmios Nobel, são muito mais mencionados (inclusive na mídia), como Albert Einstein, Isaac Newton, Enrico Fermi, Maxwell, Oppenheimer, Faraday, Hubble, Hawkins etc.

Trata-se de um livro realmente impressionante e que, no mínimo, serve como inspiração a todos nós aspirantes a cientistas, intelectuais, pensadores, cidadãos, seres humanos éticos. Uma obra que deveria ser obrigatória a quem deseja lutar por uma sociedade mais justa e igualitária.

Mulheres que ganharam o Prêmio Nobel em Ciências — Veredito
Avalie este post

Você pode gostar...